December @ Savings4Freedom

Update do Portfólio Savings4Freedom para Dezembro 2019

Happy 2020 @ Savings4Freedom

Dezembro 2019: Análise de Resultados, Definição de Novos Objectivos e Nuvens Negras pendem sobre a Indústria P2P Europeia

Bom ano novo!

Nada melhor do que começar o ano com uma análise do anterior, mas também partilhando os meus planos para o futuro.

Que experiência até agora! De todo o entusiasmo em Janeiro de 2019 com a minha publicação inicial até à notícias alarmantes no final do ano (a Kuetzal é um esquema fraudulento). Aprendi imenso! Estou mesmo contente com a possibilidade de partilhar contigo as minhas decisões, sucessos e fracassos. Acho esta transparência uma forma sem rodeios para assegurar que mantenho os meus objectivos e que os procuro atingir.

Obrigado pelo teu apoio, perguntas e sugestões!


Resultados da Savings4Freedom em 2019

O ano passado terminou com indicadores positivos:

  • De ~200€ em retornos mensais em Dezembro de 2018 para mais de 600€ em Dezembro de 2019. Estes retornos resultaram em €1.693,83 (antes de impostos) em 2018 e €4.918,93 (antes de impostos) em 2019.

Contudo, a lição chave de 2019 é que retornos de investimentos P2P não são reais até que os mesmos estejam de volta na tua conta bancária. O investimento em empréstimos P2P é de alto risco e todos temos de estar cientes desta mensagem e nas nossas considerações antes de investir.


Objectivos Chave da Savings4Freedom para 2020

Agora quero partilhar contigo os meus 4 objectivos chave para 2020:

Objectivo 1: Reduzir e Equilibrar o meu Portfólio de Investimento em Empréstimos P2P

Durante 2019 o meu objectivo principal foi maximizar os meus retornos de investimentos em empréstimos P2P. Esta decisão levou-me a transitar fundos em plataformas P2Consumer (focadas em empréstimos individuais ou de grande foco no uso de ferramentas de autoinvestimento) tais como a Mintos, Viventor, Grupeer, FastInvest ou a Robocash para plataformas P2Business (focadas em empréstimos empresariais, nos quais a decisão é tomada projecto a projecto), tais como a Monethera, Wisefund, Envestio, Crowdestor, TFGcrowd, ou infelizmente a Kuetzal (um esquema fraudulento). Esta decisão aumentou o risco do meu portfólio de uma maneira significativa.

Os resultados foram positivos, como podes ver na tabela abaixo:

Portfólio SAVINGS4FREEDOM20182019
Taxa Interna de Retorno (IRR)13.02%14.74%
Taxa de retorno verdadeira ponderada no tempo9.32%14.83%

Contudo, estando confirmado que a Kuetzal (uma fraude) se trata de um esquema fraudulento, toda esta perspectiva desaparece num instante. Este é um dos potenciais riscos deste tipo de investimento especulativo. Quero salientar este aviso a todos os investidores.

Tendo em conta esta realidade, irei reduzir em metade o meu portfólio e equilibrar os investimentos de maneira a diversificar de forma apropriada os meus empréstimos P2P. Ao mesmo tempo, quero ganhar visibilidade comparativa entre as diferentes plataformas que utilizo, numa base mensal.

A redução do meu portfólio P2P procura reduzir o nível de risco global em relação às minhas poupanças, através da redução a esta classe de activos. Até que mais informação fique disponível, sugiro a todos que aguardem.

Esta decisão vai reflectir-se inicialmente no Clube €2.5K: irei reduzir a minha exposição em alguma plataformas P2P platforms que uso e nas quais tenho investidos mais de €2.5K e aumentar em outras nas quais actualmente tenho menos de €2.5K. Irei procurar actualizar esta abordagem às condições de mercado e a informação que seja tornada pública na indústria. Esta decisão vai pressionar-me a ter maior ddisciplina e controlo sobre a minha vontade de investir em plataformas de mais alto retorno/risco.

Duas implicações principais que irão ocorrer por esta decisão:

a) Os meus retornos mensais vão cair uma vez que irei mover fundos de plataformas P2P com taxas de juro mais elevadas para outras de valor mais baixo; mas também…
b) Irei continuamente validar a liquidez dos meus investimentos P2P, pela necessidade contínua de fazer levantamentos de fundos a partir de múltiplas plataformas todos os meses. Esta acção, caso seja bem sucedida, irá permitir manter a confiança nos meus investimentos em empréstimos P2P.

Objectivo 2: Explorar Novas Opções de Investimento

A razão principal pela qual invisto em empréstimos P2P é a simplicidade da ideia por detrás deste modelo de investimento: dinheiro + tempo = juro. Também o meu entendimento que com um portfólio de investimento inferior a €50K, eu não estaria a obter os benefícios financeiros ideais ou obtendo verdadeira diversificação dividindo o meu portfólio em outras classes de activos que desconheço.

Um dos meus objectivos para 2020 é precisamente explorar outras opções de investimento que permitam concretizar uma estratégia de criação de retorno financeiro mais equilibrada e estável. Isto significa não apenas a exploração do mercado accionista (Encontro-me a aprender como investor através do simulador disponibilizado pela eToro que permite investir virtualmente €100K) mas também outros investimentos alternativos que irei partilhar contigo ao longo deste ano.

Objectivo 3: Iniciar um Novo Negócio

Como sabes, a minha esposa trabalha com animais de estimação na 4EveryPet.

4EveryPet @ Savings4Freedom

Com os fundos disponíveis através dos levantamentos dos investimentos em plataformas P2P, pretendo, como objectivo pessoal em 2020 construir um negócio digital baseado neste nicho de mercado. Este vai ser um desafio especialmente exigente, com uma necessidade de investimento elevado e sem promessa de retorno efectivo no curto prazo, mas trata-se de um plano de longo prazo. Quero realmente iniciar este projecto e torná-lo realidade no decorrer deste ano.

Objectivo 4: Melhorar a interface e experiência de uso do blog da Savings4Freedom, qualidade dos conteúdos e valor para os leitores

Este último objectivo resulta do teu feedback directo. Obrigado pelas tuas mensagens, emails e comentários durante 2019. Anotei as tuas sugestões de como o blog pode ser melhorado e irei fazer o meu melhor para que tal aconteça.

Como partilhado acima, este blog funciona para mim como uma poderosa ferramenta motivacional. Mantêm-me focado na descrição disciplinada dos resultados financeiros, resumo das minhas pesquisas, e partilha das minhas opiniões. Mas o aspecto mais relevante foi ter aberto conversa e oportunidades de contacto com outros investidores que se encontram a fazer face aos mesmos problemas e procuram, tal como eu as melhores soluções.

Savings4Freedom

Estas são as razões pelas quais irei dedicar mais tempo ao blog em 2020.

Mas, sem mais atrasos, vamos aos resultados da Savings4Freedom em Dezembro!

Continuar a ler

Savings4Freedom November 2019 Portfolio Update

November 2019: Great Performance, Uncomfortable Surprises & New Challenges

Hi Savings4Freedom friends!

After a fantastic business trip to China last month, I’m back in Europe and ready to share a new monthly update. November 2019 was once more the best performing month for Savings4Freedom, but also a call to action on how to avoid the Chinese P2P collapse story with my own portfolio.

Uncomfortable Surprises

Kuetzal is in trouble due to management changes and multiple reports sharing concerns about the platform internal procedures and questioning the information presented by several borrowers that received loans through the platform.

FastInvest is under pressure to increase transparency & explain some prevalent rumors that are questioning the platform business.

Mintos is facing backlash for successive problems with it’s Loan Originators.

Regulatory Oversight Increases in the UK

The UK just implemented new Peer to Peer lending rules for the market in order to improve regulation over the industry and increase protections of individual investors, after multiple stories of P2P platforms failing to pay lenders back and going out of business.

Going forward, individual investors on will be classified within various categories including:

  • Certified sophisticated investor – no restrictions on how much you can invest – based on past activity.
  • Self-certified sophisticated investor
    • You have made more than one investment in a P2P agreement or portfolio in the past 2 years
    • You work, or have worked in the past 2 years, in a professional capacity relating to finance, resulting in an understanding of P2P
    • You are currently, or have been in the past 2 years, a director of a company with an annual turnover of at least £1 million
    • You are a member of a network or syndicate of business angels and have been so for at least the last 6 months
  • High net worth investor – you earn more than £100,000 per year, or hold net assets of at least £250,000.
  • Restricted investor  – you may invest 10% of your net assets with certain exclusions

Other new rules that impact the platforms include:

  • More explicit requirements to clarify what governance arrangements, systems, and controls platforms need to have in place to support the outcomes they advertise, with a particular focus on credit risk assessment, risk management, and fair valuation practices.
  • Strengthening rules on plans for the wind-down of P2P platforms if they fail.
  • Introducing a requirement that platforms assess investors’ knowledge and experience of P2P investments where no advice has been given to them.
  • Setting out the minimum information that P2P platforms need to provide to investors.
  • Applying the Mortgage and Home Finance Conduct of Business (MCOB) sourcebook and other Handbook requirements to
  • P2P platforms that offer home finance products, where at least one of the investors is not an authorized home finance provider.

What are your thoughts on this approach? Which investor categories do you find yourself? Are you compliant? Let me know!

On the other end, China is ordering the total closure of the industry.

If you didn’t read my description of the rise and fall of the P2P Industry in China, check the story on the image above. In fact, at the end of November China announced that P2P lenders will have two years to exit the industry. Check the Reuters report here. This news is a direct answer from the Chinese central government to avoid new scandals and small savers demands for compensation for the loss of their money in the industry.

Defining plans for 2020

Taking into consideration the Chinese example and taking into analysis my own personal finances reality, I’m currently working on my P2P investment plans for 2020. Some ideas are already in place, others still need additional time to be implemented. As ever, only reality will define the course of the future, but I genuinely believe that if you guide yourself and your actions based on a strong set of P2P lending investment principles, you will be ready to answer any challenges and face any losses on your way.

In any case, I intend to share with you my plans in the December update.

Invest @ Savings4Freedom
Defining your investment principles makes every decision easier

But, without any further due, let’s check the Savings4Freedom returns!

Continuar a ler

October @ Savings4Freedom

Update do Portfólio Savings4Freedom para Outubro 2019

Olá amigos da Savings4Freedom!

Hoje escrevo em Hangzhou, na China. Encontro-me a representar a minha empresa numa competição internacional e a explorar oportunidades de negócio localmente. Uma cidade muito agradável, com mais de 1000 anos de história. A capital do chá na China!

Outubro foi um mês estranho para a Savings4Freedom. Por razões pessoais tive a necessidade de levantar uma elevada quantia em dinheiro dos fundos no meu portfólio. Apesar disso, como eu estava a prever esse gasto e mantive os fundos necessários na iban Wallet, não sofri qualquer queda nos retornos mensais da S4F!

A razão pela qual escolhi a iban Wallet para parquear esses fundos foi exactamente para ter a possibilidade de ganhar um pouco em juros deste dinheiro, mas ter a possibilidade de o mobilizar assim que fosse necessário. Sem ser preciso vender empréstimos ou esperar por eventos de liquidez, comuns nas outras plataformas que uso.

Neste momento, caso já acompanhes o blog, sabes que decidi definir um conjunto de princípios de investimento em empréstimos P2P. Estes princípios têm sido cruciais a apoiar o meu processo de tomada de decisões.

O Fracasso da Indústria de Empréstimos P2P na China

Encontrando-me na China, decidi explorar as razões pelas quais, em 2018, o mercado local de investimento em empréstimos P2P colapsou, com significativas perdas para os investidores individuais.

O Escândalo Ezubao

Em 2016, a plataforma de gestão de empréstimos P2P Ezubao, uma entre as maiores 10 plataformas P2P na China nesse momento, foi fechada pelas autoridades chinesas e 21 executivos da empresa foram presos. Apesar de a Ezubao apenas ter sido lançada em Julho de 2014, rapidamente cresceu atraindo centenas de milhares de investidores individuais com promessas de retornos entre 9-15%.

A escala da fraude tira a respiração a qualquer pessoa. Cerca de 900,000 investidores individuais perderam colectivamente mais de $7.6 mil milhões de dólares americanos, de acordo com as autoridades chinesas. Na realidade tratou-se do segundo maior esquema de Ponzi alguma vez criado, sendo o caso Madoff o primeiro. Foi reportado que 95% de todos os empréstimos listados na Ezubao eram fraudulentos. Entretanto, os executivos da empresa usaram o dinheiro dos investidores para seu enriquecimento individual, com gastos desde casas, carros a bens de luxo de todo o tipo.

De 2016 to 2018… Mais e mais plataformas…

Mas a indústria racionalizou este evento como sendo apenas uma má maçã entre as plataformas. Os reguladores anunciaram novas regras para a indústria no início de 2016 e a noção existente na altura era que as plataformas fortes iriam adaptar-se e continuar a ter uma boa performance. E isso foi o que aconteceu durante os dois anos seguintes. Mas em 2018, começaram a surgir problemas sérios. Esse ano acabou por transformar-se no ano horrível da indústria de empréstimos P2P na China.

A indústria P2P tinha crescido até existirem mais de 4,000 plataformas na sua máxima extensão. Todas as pessoas concordaram na análise que este não era de todo um número sustentável. As plataformas fracas não eram capazes de responder à crescente pressão da regulação, mas o problema era que ao falharem, muitas vezes levavam o dinheiro dos investidores com elas. Mesmo que tenha existido para além de qualquer dúvida fraudes, também existiram casos nos quais as plataformas seguiram procedimentos correctos e apresentaram-se em boa fé no mercado, mas simplesmente não foram capazes de fazer os seus modelos de empréstimos online funcionar.

Garantias e Perdas dos Investidores

Muitos investidores tinham colocado as poupanças de uma vida numa única plataforma de gestão de empréstimos P2P, acreditando que o seu dinheiro estava seguro. Algumas plataformas afirmavam mesmo que garantiam o investimento realizado pelo investidor e outras afirmavam terem garantias do próprio governo. O que estes investidores não compreenderam é que uma vez uma plataforma declara falência essas garantias deixam de ter qualquer valor. Mas os investidores verdadeiramente acreditaram que as plataformas P2P garantiam todos os seus investimentos.

O que correu mal?

Empréstimos peer to peer foram uma experiência falhada na China. Tornou-se de tal forma alvo de fraude e actividades ilegais que até as plataformas bem intecionadas e com um comportamento profissional tiveram dificuldades.

Quando se avaliam responsabilidades, a culpa parece ir inteiramente para uma falha no sistema de regulação. Em 2013 o Banco Popular da China (PBOC) tinha já identificado muitos dos problemas com empréstimos P2P que levaram à ruína da indústria, mas nada fez para evitar isso até ser tarde demais. A realidade é que o negócio de avaliar o risco de empréstimos é muito difícil. É necessária muita experiência, em especial considerando riscos de gestão, e apenas um número pequeno de plataformas verdadeiramente percebeu isso.

Não existia qualquer forma de avaliar a confiabilidade de uma plataforma a não ser o seu tamanho e o tempo que se encontrava no mercado. Desta forma, deu-se origem a uma corrida louca para crescer muito, e de forma super acelerada… não existia qualquer incentivo para que as plataformas se comportassem de forma adequada. Muitas plataformas que de facto tinham uma análise de risco efectiva, e gestão responsável, eram ultrapassadas (pelo menos em dimensão) por outras plataformas menos escrupulosas. Construiu-se um castelo de cartas que aos olhos de hoje, não surpreende que tenham desaparecido num instante.

O que podemos aprender com esta realidade?

Precisamos de assegurar de forma pro-activa que os mesmos erros não sejam repetidos na Europa. É nossa responsabilidade, enquanto investidores, assegurar que seguimos um processo de avaliação cuidadosa e que exigimos maior transparência da parte dos interlocutores da indústria P2P. Numa abordagem distinta, precisamos de exigir acções concretas da parte dos reguladores para estabelecerem standards de protecção de investidores claros e concretos.

Eu verdadeiramente quero ver a indústria P2P europeia crescer, mas acredito que todos quantos lêem este blog precisam de ser informados e estar conscientes dos riscos associados. Vamos aprender da experi~encia Chinesa e evitar surpresas dolorosas no futuro!

Qual a tua opinião sobre este assunto? Como estás a pensar planear as tuas estratégias de investimento de forma a evitar demasiado risco? Partilha comigo nos comentários.

Mas, sem mais atrasos, vamos aos resultados da Savings4Freedom em Outubro!

Continuar a ler

September @ Savings4Freedom

Update do Portfólio Savings4Freedom para Setembro 2019

Peço desculpas pela demora na publicação deste relatório. Este mês dediquei algum do tempo da Savings4Freedom para desfrutar um pouco mais da companhia da família e amigos. Espero que compreendas.

Setembro foi um mês cheio de trabalho para a Savings4Freedom! O processo de aprendizagem desde o início do meu portfólio de investimento tem-me levado a mover os meus fundos entre diferentes plataformas. Irei partilhar todas as razões atrás dessas escolhas neste update.

Neste momento, caso já acompanhes o blog, sabes que decidi definir um conjunto de princípios de investimento em empréstimos P2P. Estes princípios têm sido cruciais a apoiar o meu processo de tomada de decisões.

Partilha comigo as tuas ideias sobre este assunto. Concordas com os princípios que estabeleci? Estou curioso de conhecer outras ideias que me possam ajudar a melhorar no futuro.

Porque estou a evitar Empréstimos de Curto Prazo?

Ao longo dos últimos meses, tenho vindo a reduzir os meus investimentos em empréstimos P2P realizados através da MintosViventor, e Robocash. Recebi algumas mensagens com perguntas sobre as razões para agir desta forma, tendo especialmente em conta o facto de a Mintos se encontrar entre as plataformas de investimento em empréstimos P2P que fazem parte das minhas escolhas caso começasse a investir em P2P crowdinvesting hoje.

Porque estou a reduzir investimentos na Mintos Viventor e Robocash @ Savings4Freedom

A melhor forma de responder é partilhando a minha reflexão sobre este assunto. Podes ler o artigo clicando na imagem acima.

Mas, sem mais atrasos, vamos aos resultados da Savings4Freedom em Setembro!

Continuar a ler

Porque estou a reduzir investimentos na Mintos Viventor e Robocash @ Savings4Freedom

Porque estou a reduzir os meus investimentos na Mintos, Viventor & Robocash?

Ao longo dos últimos meses, tenho vindo a reduzir os meus investimentos em empréstimos P2P realizados através da Mintos, Viventor, e Robocash. Recebi algumas mensagens com perguntas sobre as razões para agir desta forma, tendo especialmente em conta o facto de a Mintos se encontrar entre as plataformas de investimento em empréstimos P2P que fazem parte das minhas escolhas caso começasse a investir em P2P crowdinvesting hoje.

A melhor forma de responder é partilhando a minha reflexão sobre este assunto.

Racional de Investimento: Garantia de Recompra, Maturidade & Tipos de Empréstimos

Um dos elementos que mais valorizo quando avalio oportunidades de investimento em empréstimos P2P é o sentimento de segurança oferecido pela garantia de recompra associada aos meus investimentos na Mintos, Viventor, e Robocash.

O segundo elemento que considero ao avaliar oportunidades de investimento na Mintos, Viventor, e Robocash é a possibilidade de aplicar as minhas poupanças em empréstimos de muito curto prazo: 30 dias a 3 meses. Esta opção permite-me planear datas de pagamento dos empréstimos em janelas de liquidez relativamente curtas, de forma a ter maior flexibilidade nas minhas próximas decisões de investimento.

O último elemento a considerar são os tipos de empréstimos disponíveis, que são muito influenciados pelos dois elementos descritos acima. Tipicamente, quando decidi seguir esta estratégia de investimento, encontro-me a emprestar as minhas poupanças através da Mintos, Viventor, e Robocash a microempréstimos, financiamentos de facturas, empréstimos a consumo, empréstimos pessoais ou empréstimos de muito curto prazo. De forma geral negócios a 30 dias.

Que problemas encontrei com empréstimos de curto prazo?

Agora, preciso de explicar os resultados dos meus investimentos seguindo esta estratégia e que me levaram a actuar:

  • Os empréstimos estão a ser pagos a tempo?
  • Em que momento a garantia de recompra é activada?
  • O pagamento de penalização por não pagamento atempado compensa o custo de oportunidade de não ter aplicado as minhas poupanças em empréstimos de mais longo prazo?
  • Estão as taxas de juro alinhadas com o custo de oportunidade?

Continuar a ler

August 2019 @ Savings4Freedom

Update do Portfólio Savings4Freedom para Agosto 2019

Agosto foi um mês louco para a Savings4Freedom! Senti que tudo aconteceu tão rapidamente que pensei ainda ontem estar a escrever o update de Julho.

A rapidez da evolução da indústria de empréstimos P2P é simplesmente incrível. A quantidade de informação que é necessário acompanhar, processar e tomar decisões de forma adequada cresce mais rapidamente do que a minha capacidade para lidar com ela.

Com base nesta realidade, decidi estabelecer um conjunto de princípios de investimento em empréstimos P2P que irão tornar muito mais fácil decidir a forma de investir no futuro.

Os Meus Princípios Base para Investir em Empréstimos P2P

Caso começasse de novo iria seguir de forma religiosa os seguintes Princípios Base para os meus Investimentos P2P:

  1. Garantia de Recompra: Apenas investir em empréstimos P2P com Garantia de Recompra “Buyback Guarantee” (por razões de segurança);
  2. Retorno Mínimo: Apenas investir em empréstimos P2P que ofereçam uma taxa de juro superior a 12% (o retorno tem de justificar o risco);
  3. Venda Antecipada: A maioria dos meus investimentos devem garantir a saída antecipada do empréstimo P2P, através de recompra por parte da plataforma ou através de mercado secundário (por razões de liquidez);
  4. Oferta de Bónus & CashBack: Quero maximizar oportunidades de bónus ou cashback, sempre que tal for possível (no final de cada descrição de plataforma partilho o cashback oferecido caso uses o meu link para registo).
  5. Diversificação: Distribuir os fundos com base em tipo de empréstimo, geografia, maturidade e principalmente… Plataforma P2P (diversificação é crucial).

Por favor partilhem a vossa opinião sobre este tópico comigo. Concordam com estes princípios? Estou curioso das sugestões que permitam melhorar esta lista.

Investir 10K em Empréstimos P2P @ Savings4Freedom

Recentemente publiquei um dos artigos que mais gozo me deu escrever. Fui desafiado por alguns leitores do blog a reflectir sobre o que fiz errado e como faria se começasse hoje a investir em empréstimos P2P. Foi um exercício realmente importante para mim que me deixou mais consciente da minha evolução pessoal e do progresso que fiz até hoje. A melhor parte, foi assimilar que o futuro realmente promete ser positivo no meu caminho para a independência financeira!

Podes ler o artigo clicando na imagem acima.

Mas, sem mais atrasos, vamos aos resultados da Savings4Freedom em Agosto!

Continuar a ler

Investir 10K em Empréstimos P2P @ Savings4Freedom

Como Investiria 10.000€ em Empréstimos P2P se começasse hoje?

Ao longo desta semana fui recebendo mensagens com perguntas de como começar a investir em empréstimos P2P. Ao preparar as minhas respostas, acabei por perceber que a melhor forma de partilhar a minha opinião seria imaginar que começava tudo de novo…

Regras: Quantia, Prazo & Momento

Vamos usar para este exercício um orçamento de 10.000€ para investimento em empréstimos P2P. Vamos definir um período de investimento de 12 meses. E vamos ter como ponto de análise o meu conhecimento e experiência a Agosto de 2019.

Perguntas a Responder

Agora só preciso de responder às seguintes perguntas:

  • Que passos iria seguir para investir os 10.000€?
  • Que plataformas de gestão de investimento em empréstimos P2P iria usar?
  • Quais as quantias que iria alocar a cada plataforma P2P?
  • Qual seria a estratégia a 12 meses que com o mínimo de esforço possível da minha parte me permitisse optimizar o desempenho do meu portfólio?
  • E o porquê de cada uma destas decisões…

Continuar a ler

July @ Savings4Freedom

Update do Portfólio Savings4Freedom para Julho 2019

Com um pequeno atraso, aqui está o update mensal da Savings4Freedom!

Estou muito satisfeito pela forma como os meus investimentos P2P têm evoluído ao longo deste ano. Tendo tomado a opção de investir em empréstimos colaborativos, todos os dias sou confrontado com a necessidade de aprender novos aspectos da indústria e melhorar os meus processos para aumentar a eficiência e segurança dos meus investimentos.

Como descrevi no meu update do mês de Junho, continuo a transferir fundos entre plataformas P2P de forma a aumentar a diversificação e aumentar o valor da taxa média de juro recebido contabilizando a totalidade do meu portfólio. Em Julho, abri contas na Monethera (experiência muito positiva até ao momento) e na iban Wallet (um complemento no meu portfólio P2P por razões de gestão de activos de elevada liquidez). Podem avaliar as minhas primeiras impressões sobre ambas as plataformas um pouco mais abaixo.

Também quero partilhar que a partir de agora irei partilhar com a comunidade a minha Biblioteca de Vídeos de Literacia Financeira para alcançar FIRE (financial independence and retiring early). Gosto imenso de aprender com eles e conto partilhar os melhores que encontrar.

Problemas com Originador de Empréstimos: Aforti

Já no início de Agosto, plataformas como a Viventor e a Mintos suspenderam os pagamentos de um dos seus originadores de empréstimos (Aforti). Irei partilhar mais quando fizer o update da Viventor e da Mintos abaixo. Um dos riscos de investir em empréstimos P2P é o associado ao originador de empréstimos. Podem aprender mais sobre este tipo de risco na secção dedicada ao tema e aprender mais sobre todos os aspectos a considerar antes de investir.

Mas, sem mais demoras, vamos aos números!

Continuar a ler

June 2019 @ Savings4Freedom

Update do Portfólio Savings4Freedom para Junho 2019

Chegou o momento para mais um update mensal da Savings4Freedom!

Após uma fantástica Conferência P2P em Riga no mês passado, revisitei toda a minha estratégia a caminho da independência financeira. Uma das mais importantes lições foi a necessidade de balançar de forma adequada o esforço e os investimentos feitos em plataformas de investimento em empréstimos P2P que constituem o meu portfólio de investimentos em empréstimos P2P.

Abaixo irei descrever as implicações das minhas decisões no futuro da Savings4Freedom.

Savings4Freedom disponível em Português

Estou muito contente por publicar o blog em Português! Será um prazer ter os vossos comentários e sugestões sobre como posso melhorar os conteúdos e como posso melhorar a partilha de informação no futuro.

Compreender Investimentos em Empréstimos P2P

Com base em múltiplas mensagens de pessoas a fazerem perguntas sobre Crowdlending e Empréstimos P2P, decidi criar uma página dedicada que se encontra-se em constante actualização, com base na melhor informação disponibilizada pela comunidade. A base para este artigo foi um relatório publicado pela Grupeer no final de 2018.

Comparação entre Plataformas de Investimento em Empréstimos P2P

Quero agradecer a comunidade por todo o feedback oferecido desde o lançamento da página dedicada à comparação de plataformas de investimento em empréstimos P2P. Após ler todas as vossas mensagens segui algumas das sugestões oferecidas e simplifiquei a forma como a informação é partilhada. Espero que agora seja mais fácil para vós comparar e escolher as melhores plataformas P2P para investir. Por favor partilhem a vossa opinião!

N26, Revolut e Transferwise

De forma a simplificar a minha estratégia de investimento decidi criar contas bancárias dedicadas para gerir as minhas despesas pessoais e de investimentos P2P. Sigo a abordagem de ter 3 contas separadas:

Esta abordagem combinada com o uso da Transferwise quando necessito de realizar transações entre moedas diferentes está a simplificar a minha vida e a facilitar a capacidade de acompanhar todas as minhas transações.

Mas, sem mais demoras, vamos aos números!

Continuar a ler

P2P Conference @ Savings4Freedom

Relatório Conferência: Sumário da Conferência P2P Riga’19

No passado dia 7 de Junho, mais de 240 pessoas entre representantes de plataformas P2P, investidores em empréstimos P2P, e bloggers juntaram-se em Riga para a primeira edição da Conferência P2P Europeia. Este evento foi de facto memorável! O evento realizou-se no RISEBA Architecture and Media Center H2O 6, agregando pessoas de 24 diferentes nacionalidades mostrando as grandes características da indústria de empréstimos P2P (crowdlending): diversidade e espírito colaborativo.

O evento além de sessões específicas com oradores convidados contou com um conjunto de apresentações de novas plataformas P2P de grande interesse. A cereja em cima do bolo foi mesmo o segundo dia, inteiramente dedicado a networking e actividades desportivas.

Continuar a ler

Portfolio Update: April 2019

Hi Savings4Freedom friends!

February was a specially painful month for me. The loss of a very important family member is always a defining moment in everyones life… apologies for not publishing last months report. I updated all information on the blog over time, but not a post… thank you for understanding.

Live goes on and here is the April 2019 S4F report.

Continuar a ler